Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

A história dos homenzinhos de patins



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Uma noite com... Dinossáurios
22-10-2007
Jornal de Notícias
  Já os tinham visto nos filmes mas, com a penumbra da noite, os painéis gigantes e as figuras em tamanho real, os dinossáurios parecem muito mais terríveis. "Uuui, este é mau", ouve-se no ambiente de natural algazarra de 20 crianças que passam uma noite fora de casa para descobrir o mundo dos dinossáurios, no Museu da Pedra de Cantanhede.

   Depois da visita guiada pelo museu - e concretamente pela exposição "Dinossáurios Regressam a Cantanhede"-, já com as mochilas desfeitas e os sacos de cama preparados para mais logo, o grupo de 20 crianças, entre os seis e os 14 anos, está pronto para começar a caça ao tesouro, a escavação paleontológica e a aula de culinária que estão programadas.

   A expedição começa e os pequenos T- rex, Maiasaua, Apatosaurus e Triceratops, assim divididos em equipas, percorrem as salas do museu, respondendo às questões que põem à prova a sua memória e conhecimentos. Dino significa demónio ou medonho; sáurio é o mesmo que lagarto; o mais alto dinossáurio é o "Brachiosauros", aponta o Gustavo, de seis anos, que ainda não sabe ler mas sabe apontar o espécimen certo; os de três chifres é o triceratops. De resposta em resposta, as equipas vão ganhando os tesouros escondidos, contam dentes e garras, descobrem um mundo que só conheciam dos filmes. "Às vezes quando os vejo na televisão sonho e penso que eles vêm aí, mas não. Eles já morreram", refere o Gustavo.

   A iniciativa de convidar as crianças passar a noite no museu assinala duplamente o sexto aniversário do Museu da Pedra. Por um lado, é no âmbito das comemorações que a exposição dos dinossáurios, da responsabilidade do Museu Nacional de História Natural, fica em Cantanhede até meados de Novembro, por outro, esta primeira noite com as crianças também é inédita, apesar da forte componente pedagógica do museu municipal. "Apesar de termos algumas exposições mais científicas, no âmbito da mineralogia ou da arte sacra ou ourivesaria, estamos também muito vocacionados para as crianças, com ateliês e actividades diversificadas, que são 70% dos nossos visitantes.

   "Nesta exposição estamos a bater o recorde. Ainda não passou um mês e já tivemos quatro mil visitantes", refere Maria Carlos, directora do museu que, juntamente com o vereador da Cultura da Câmara de Cantanhede, Pedro Cardoso, com Carlos Gregório e Conceição Carvalho, asseguraram a noite.

  


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB