Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

A Noite de Natal (2ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Laboratório previne obesidade infantil
25-06-2009
Correio da Manhã
O Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, vai ser pioneiro em Portugal na medição da composição corporal dos recém-nascidos. Ontem foi inaugurado o Laboratório Nutricional, que apresenta um equipamento inovador que vai permitir "avaliar de forma muito precisa a composição corporal dos bebés, inclusivamente dos prematuros", explicou Gonçalo Ferreira, responsável pelo Serviço de Pediatra do Hospital.

O Laboratório Nutricional é composto por dois equipamentos que permitem avaliar a composição corporal desde o nascimento: o "BodPod", destinado a crianças e adolescentes com peso superior a 20 quilos, e o "PeaPod", um equipamento único em Portugal que vai permitir avaliar a massa corporal dos recém-nascidos e de crianças até aos oito quilos.

Através da medição da massa corporal na infância, os especialistas podem definir os factores de risco para a obesidade, que afecta cerca de dez por cento das crianças portuguesas. "As práticas alimentares precoces podem ter influência na composição corporal do adulto", sublinhou Gonçalo Ferreira.

Esta intervenção será aplicada a uma série de bebés e crianças, considerados grupos de risco para obesidade futura: recém-nascidos filhos de pais obesos ou de mães diabéticas e recém-nascidos com baixo peso ou com peso elevado ao nascer.

"É um equipamento confortável que permite realizar exames repetidamente, o que vai ajudar a avaliar o estado nutricional das crianças ao longo do tempo e perceber a eficácia dos tratamentos", explicou o responsável.

O Laboratório Nutricional, além de servir as crianças do Hospital D. Estefânia, também estará aberto a crianças oriundas de outras unidades de saúde.

O Laboratório foi financiado pela Fundação EDP, que considera o investimento de 100 mil euros "uma acção de responsabilidade social que vai servir melhor as crianças portuguesas".


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB