Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

As crianças da mina (2ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Sugestões do Portal

 



Timemesh permite voltar atrás no tempo e mudar a história

O Timemesh foi criado por investigadores do Instituto Superior de Engenharia do Porto (ISEP), para alunos dos 11 aos 15 anos. A ideia é que este jogo de aventuras, baseado em acontecimentos históricos reais, possa ser incluído nos planos curriculares de ensino, como nova ferramenta de aprendizagem. O Timemesh será apresentado na próxima sexta-feira, pelas 15h30, no Centro de Congressos do ISEP (auditório E), no âmbito do "workshop" europeu Segan - Network Serious Games.

As Descobertas Marítimas, a Revolução Industrial e a Segunda Guerra Mundial. São três os cenários escolhidos para este jogo de aventura desenvolvido pelos investigadores do GILT (Graphics, Interaction and Learning Thecnologies) do ISEP. Basta imaginar, por exemplo, que Júlio César não foi assassinado e governou o Império Romano por um longo período, garantindo a sua estabilidade; ou que os muçulmanos foram capazes de repelir os ataques cristãos na Península Ibérica.

Aqui, os jogadores assumem o papel de um personagem que é enviado de volta no tempo, de forma a repor alguns dos acontecimentos que marcaram a nossa história. A tarefa é regressar ao passado e corrigir os eventos para que o nosso mundo volte ao caminho "normal". Mas, para isso, é necessário colocar os conhecimentos à prova.

Jogo será apresentado durante workshop.

"Os Serious Games, como o que desenvolvemos no ISEP, têm por objectivo motivar os jovens e adolescentes a aprenderem de uma forma altamente intuitiva e competitiva", explica Paula Escudeiro, subdirectora do Departamento de Informática do ISEP. Assim, acrescenta, "a ideia é que este tipo de jogos, dirigido às faixas etárias dos 11 aos 15 anos, possa ser incluído nos planos curriculares de ensino, motivando novos mecanismos de aprendizagem".

Capacidades mentais

Investigações nesta área demonstram que este tipo de jogos desenvolve capacidades mentais como a estratégia, o cálculo mental e a tomada de decisão, tendo uma ampla aceitação entre os alunos mais jovens, não só pela sua natureza desafiante, mas também pelas interacções sociais que geram. Neste contexto, um dos projectos dos investigadores do ISEP passa, actualmente, por adaptá-lo a qualquer plataforma móvel, desde os telemóveis aos tablets.

O Timemesh é um dos primeiros Serious Games a ser desenvolvido em Portugal. No ISEP, o projecto é liderado pelo grupo GILT que está, também, envolvido no desenvolvimento de outros jogos, para a aprendizagem de ciências, através de ambientes de realidade virtual e aumentada.

TimeMesh é um jogo de aventura baseado em acontecimentos históricos reais. Os jogadores assumem o papel de um personagem que é enviado de volta no tempo e se envolve directamente na evolução histórica. Existem três cenários diferentes relacionados com as Descobertas Marítimas, com a Revolução Industrial e com a Segunda Guerra Mundial.

http://www.timemesh.eu

Fonte: Ciência Hoje


<<  voltar  |  topo






Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB

T
o
p
o