Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

A Sombra (1ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Crianças: Vieira da Silva subscreve missiva a Durão Barroso
14-03-2007
Diário Digital / Lusa
O ministro do Trabalho e Solidariedade Social português subscreveu uma carta enviada pelos Socialistas Europeus a Durão Barroso a solicitar ao presidente da Comissão Europeia um papel mais activo na política de cuidados a crianças, foi hoje divulgado.

A missiva, enviada terça-feira a Durão Barroso e à qual a Agência Lusa teve hoje acesso, assinala que, passados cinco anos sobre o Conselho Europeu de Barcelona que estabeleceu metas em termos estruturas de acolhimento de crianças, a maioria dos Estados-membros da União Europeia está longe de as atingir.

As metas traçadas em 2002 pelos chefes de Estado e de Governo da UE previam que até 2010 fossem asseguradas estruturas de acolhimento para pelo menos 90% das crianças entre os três anos e a idade de escolaridade obrigatória e para pelo menos 33% das crianças com menos de três anos.

"É nossa convicção que a Comissão Europeia deveria estar a supervisionar os progressos e a pressionar os Estados-membros a implementar os seus compromissos. Mas não vemos sinal de que a Comissão esteja a fazer o que quer que seja para promover essa implementação", lê-se na carta, assinada pelo presidente dos Socialistas Europeus, Poul Rasmussen, e pelo ministro José Vieira da Silva.

A missiva, que acompanha uma declaração assinada por vários ministros socialistas europeus com a tutela dos Assuntos Sociais, assinala ainda que "felizmente alguns países" estão a investir bastante nos cuidados a crianças em idade pré-escolar, e aponta como exemplos o Reino Unido, Portugal e Itália.

A terminar, os socialistas instam a Comissão Europeia a avançar com propostas de modo a ser possível alcançar os objectivos traçados em Barcelona há cinco anos, sublinhando que "bons cuidados a crianças são um elemento-chave nas sociedades de hoje".



<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB