Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

Célia e a água doce da infância



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Multinacionais apostam nos portáteis para crianças
21-05-2009
Público
Os maiores fabricantes de computadores do mundo, entre os quais a Dell, HP e Toshiba, estão a preparar o lançamento de portáteis para crianças. A ideia é participarem em programas semelhante ao e-escolinhas, que distribui o Magalhães pelas escolas do ensino básico portuguesas.

De acordo com o diário espanhol Cinco Días, a Dell vai ser o primeiro dos grandes fabricantes de computadores a lançar um portátil para "satisfazer as necessidades dos estudantes da primária". A novidade surge quando está a decorrer o concurso lançado pelo governo espanhol para o fornecimento de 420.000 destes portáteis a partir de Setembro.

A HP e a Toshiba são outras das empresas que estão interessadas em concorrer ao plano de educação espanhol, refere o diário, acrescentando que a Acer e a Asus também poderão estar na corrida.

O projecto espanhol tem como objectivo que cada aluno tenha o seu próprio portátil e que sejam instalados quadros digitais paralelamente aos tradicionais quadros negros, assim como Internet sem fios.

A iniciativa, semelhante ao programa e-escolinha português, irá estender-se gradualmente até alcançar o ultimo ano do ensino secundário.

"Temos de estar preparados para participar em concursos que se vão lançar um pouco por toda a Europa", disse ao Cinco Días o director da HP Sistemas Personales, Salvador Cayón.

Reino Unido, França, Itália e Alemanha são alguns dos países europeus que terão demonstrado interesse em imitar o projecto português.

A ideia de lançar um portátil para crianças em idade escolar foi lançada pelo "guru" de tecnologia do Massachussets Institute of Technology Nicolas Negroponte. A Intel, contudo, foi mais bem sucedida com o seu Classmate PC, um portátil destinado a crianças de países em desenvolvimento e que, através de uma parceria com a empresa portuguesa JP Sá Couto, serve de base ao Magalhães.

Tipicamente, os computadores para crianças são mais pequenos, têm alguma resistência ao choque e à água e estão equipados com software educativo.


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB