Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

O Zé Botarras (1ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Prioridade para crianças com necessidades especiais
07-01-2008
Correio da Manhã
  Um decreto-lei publicado esta segunda-feira em Diário da República estabelece que as escolas de ensino particular e cooperativo que não dêem prioridade a estas crianças perdem paralelismo pedagógico e co-financiamento, "qualquer que seja a sua natureza". Já os estabelecimentos de ensino públicos serão alvo de um procedimento disciplinar.

   No número 3 do artigo 2, pode ler-se que "as crianças e jovens com necessidades educativas especiais de carácter permanente gozam de prioridade na matrícula, tendo o direito, nos termos do presente decreto-lei, a frequentar o jardim-de-infância ou a escola nos mesmos termos das restantes crianças".

   As escolas devem ainda elaborar um programa educativo individual para os alunos com necessidades educativas especiais de carácter permanente até 60 dias a referenciação dos estudantes. O programa "carece de autorização expressa do encarregado de educação" e deverá ser revisto a qualquer momento e, obrigatoriamente, no final de cada nível de educação e ensino.

   O decreto-lei apresenta ainda as modalidades específicas de educação, como a educação bilingue de alunos surdos, a educação de alunos cegos e com baixa visão, os respectivos objectivos bem como as equipas que os compõem.


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB