Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

A hiena mazona



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Pijamas para crianças com cancro
28-12-2007
JN
   Depois de um cansativo dia de trabalho, Carla tenta, juntamente com Elsa, Miguel, Luís e outros amigos, percorrer, sem descanso, vários concelhos de Lisboa para recolher pijamas, um bem, que muita falta faz às crianças que padecem de cancro, após os tratamentos de quimioterapia. A iniciativa de voluntariado, hoje, apelidada de "Movimento Pijaminha" surgiu, há dois anos, após uma visita às instalações da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) que recebe os pijamas e os distribui por outras instituições conforme as necessidades. "Queremos tornar a quadra festiva destas crianças mais quentinha", diz Carla Pereira, a grande mentora do projecto.

   Mas, o que era para ser uma acção generosa entre amigos, com incidência na zona de Lisboa, tomou proporções à escala nacional. Algumas pessoas apoderaram-se da mensagem de pedido de ajuda da jovem de 29 anos - enviada por e-mail a alguns amigos - colocando-a a circular em vários blogues, na internet, como se tratasse de uma iniciativa do Instituto Português de Oncologia (IPO). Este facto acabou por originar alguns equívocos. Algumas pessoas dirigiram-se directamente ao IPO para entregar os pijamas, mas o hospital não tem por hábito receber estes ou outros artigos de vestuário. Porém, a iniciativa contribuiu para uma adesão em massa à causa. "Passámos do anonimato para o país inteiro", explica Carla Pereira. "Somos simplesmente um grupo de amigos que se reuniu para tentar suprir uma necessidade das crianças", acrescenta.

   A proporção do movimento é de tal ordem que, recentemente, "um grupo de pessoas do Porto conseguiu juntar mais de 450 euros para comprar pijamas novos", revelou ao JN. Miguel Pereira destacou, igualmente, o espírito solidário que o grupo tem encontrado. "Duas pessoas vieram do Barreiro ao Cais do Sodré só para me entregar pijamas", conta.

   Os pijamas angariados são para crianças até aos 16 anos. Alguns são novos, por vezes, envolvidos em papel de embrulho e outros, usados. A doação de pijamas pode também ser feita para um apartado nos correios, criado para o efeito.

   Este ano o "Movimento Pijaminha" conseguiu recolher centenas de donativos, já que há quem aproveite para oferecer brinquedos, filmes, etc... Em Janeiro, o grupo irá proceder a uma triagem dos bens angariados, para depois averiguar as necessidades da LPCC, bem como dos Hospitais S. Francisco Xavier e D. Estefânia, que já se mostraram receptivos para receber a ajuda.

   "O Movimento Pijaminha pretende chegar a outras instituições e não só ao IPO", adianta a mentora do projecto, deixando evidente o objectivo para o próximo ano. "Queremos ser uma ponte de ligação entre as pessoas e as instituições". Nesse sentido e com os conhecimentos de Luís Carvalho (outro impulsionador da iniciativa) na área de informática, está prevista a criação de um site que explanará as acções do movimento. "Temos que devolver às pessoas a confiança que nos depositaram. Isso é primordial", conclui Carla Pereira.


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB