Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

A verdadeira e maravilhosa história do dragão Samuel



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Sugestões do Portal

 



"O Principezinho" editado em mirandês

O Principezinho, personagem criada por Antoine de Saint-Exupéry, já fala mirandês. L Princepico é o título da edição nesta língua.

O clássico de Antoine de Saint-Exupéry, de 1943, já vendeu mais de 50 milhões de exemplares em todo o mundo e, segundo a editora francesa Gallimard, é "o livro mais traduzido em todo o mundo depois da Bíblia, com versões em cerca de 200 línguas ou mais (incluindo dialectos europeus, asiáticos e africanos)".

Maria José Pereira, responsável pela edição do livro e editora da divisão de banda desenhada da ASA, explicou que o objectivo da edição de "L Princepico" é, "por um lado, dar a conhecer a língua mirandesa, que as pessoa geralmente ouvem falar mas que não têm visto escrita e, por outro lado, tornar conhecidos os personagens numa outra versão".

Reconhecendo que a edição em mirandês desta "obra emblemática do século XX" tem um público reduzido de interessados e coleccionadores, Maria José Pereira recorda que esta não é a primeira incursão da ASA pelo mirandês, tendo, há alguns anos, editado dois livros do Astérix nesta língua.

A editora adiantou ainda que surgirão novidades sobre "O Principezinho" num "futuro muito próximo", que passam por "outras edições que estão a ser ultimadas" e por "uma série de desenhos animados", em fase de produção, mas que, sabe-se já, passará em Portugal, embora ainda não haja uma data precisa.

A obra foi traduzida para mirandês por Ana Afonso (juntamente com Domingos Raposo), que falou do "desafio" de traduzir um clássico "cheio de valores" para a sua língua materna. Esta foi a primeira tradução para mirandês de Ana Afonso, a convite do cônsul de França no Porto, que, em cada lugar que passa, procura línguas ou dialectos para os quais possa traduzir "o seu livro preferido".

A edição mirandesa de "L Princepico" será apresentada publicamente no dia 15 de Abril, no Instituto Franco-Português, em Lisboa, pelo tradutor Domingos Raposo. Na mesma ocasião será apresentada uma exposição de livros e objectos associados ao universo de "O Principezinho", pertencentes ao actor e apresentador Pedro Granger, coleccionador e fã do clássico da literatura francesa.

Fonte: Lusa/SOL


<<  voltar  |  topo






Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB

T
o
p
o