Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

O fio mágico



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Sugestões do Portal

 



Prevenção de afogamentos das crianças

A ISR (Infant Swimming Resource) é uma organização reconhecida nos EUA, que ensina natação de auto-salvamento para crianças de 6 meses a 6 anos.

A principal missão da ISR é evitar afogamentos em crianças desde os 6 meses até aos 6 anos através da educação dos pais, profissionais da área, médicos e a comunidade sobre a necessidade de prevenção de afogamento e segurança. O afogamento é uma das principais causas de morte e incapacidade a nível mundial.

Em Portugal, os afogamentos também atingem significativamente crianças de 1 a 4 anos. Esta é a principal causa da morte acidental entre crianças desta faixa etária. Entre zero e 14 anos, os afogamentos são a segunda maior causa, perdendo para acidentes de trânsito.

A técnica em segurança ISR ensina crianças dos 6 meses aos 6 anos competências específicas que lhes permitem salvar suas próprias vidas.

O que as crianças aprendem?

Crianças dos 6 aos 12 meses aprendem a rodar a partir de uma posição de face para baixo na água para uma posição de flutuar. O bebé vai ser ensinado a descansar e respirar de costas para a água, a boiar, até chegar ajuda.

Crianças a partir 12 meses ou mais vão aprender uma sequência de natação de nadar-boiar-nadar. Estas crianças vão ser ensinadas a nadar de bruços com os braços e as pernas (semelhante a um curso livre); rodar sobre as suas costas para flutuar, descansar e respirar quando precisarem de ar, e então virar para o seu estômago para continuar a nadar até que cheguem a um ponto de segurança. Esta sequência de natação de nadar-boiar-nadar pode ser repetida tantas vezes quantas forem necessárias para alcançar a segurança. Os alunos são ensinados a usar essas habilidades para nadar até uma parede, por etapas, ou se tal não for possível, pelo menos chegar a um ponto de segurança para utilizar um apoio que lhes permita voltar, descansando e respirando.

Os instrutores da ISR completaram já mais de 7 milhões de aulas seguras e eficazes. Cada instrutor é altamente treinado e certificado no programa Infant Swimming Resource. A formação de instrutor da ISR inclui uma formação com supervisão em água, mais uma componente teórica com aulas em matérias como a psicologia infantil, fisiologia e ciências comportamentais. Além disso, cada instrutor ISR deve fazer um refrescamento de dois em dois anos para manter a sua filiação com o programa, o que inclui a manutenção da certificação de Primeiros Socorros. Todas as crianças que se registam no programa passam por um processo de registo online detalhado, incluindo uma revisão do histórico de saúde de cada criança, sendo a equipa da ISR altamente treinada na avaliação para garantir a participação segura de cada aluno no seu programa.

Uma diferença importante entre a ISR e a maior parte de outros programas de natação é o nosso ênfase na segurança durante as aulas. Ao longo dos anos, ouvimos falar de programas que atiram as crianças para dentro de água, ou que as deixam cair de uma prancha de mergulho, ou que as mantém na água até cerca de uma hora; qualquer um destes programas pode magoar seriamente uma criança. Em muitos outros programas, o "professor" é muitas vezes um jovem de uma equipe de natação com pouco treino mais do que um curso em reanimação cardiopulmonar (RCP) – alguém que deve gostar de nadar e trabalhar com crianças certamente, mas não alguém que tenha tido um treino intensivo sobre como ensinar bebés ou crianças pequenas a sobreviver na água.

Na nossa opinião, como a maior parte dos programas nos Estados Unidos em Portugal funcionam desta maneira – com práticas que podem magoar potencialmente crianças ou com instrutores com boas intenções mas pouco treino, a "American Academy of Pediatrics" (AAP) concluiu, e muito bem, que quando uma criança começa as aulas, elas devem ser individuais. É importante lembrar que as aulas da ISR não são "aulas de natação" tradicionais. O seu filho não vai aprender a nadar bruços, nem aprender a virar a cabeça para o lado para respirar, porque, como a AAP afirma, as crianças não estão geralmente preparadas para aprender estas técnicas até aos quarto anos de idade.O que o seu filho vai aprender, contudo, são técnicas de sobrevivência em meio aquático: a capacidade de rolar sobre o seu corpo para respirar e permanecer a flutuar, e se tiver mais que um ano, continuar o processo de nadar e flutuar sobre as costas até conseguir atingir uma saída para sair da água.E, o mais importante de tudo, o seu filho aprenderá estas capacidades com uma Instrutora bem treinada, usando princípios que foram pesquisados, provados e testados durante mais de 40 anos.

Em Portugal também poderá encontrar estas aulas dadas por um instructor certificado. Os contactos são: Estela Florindo, email: eflorindo@gmail.com

Para mais informações veja o site premiado:
www.infantswim.com


<<  voltar  |  topo






Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB

T
o
p
o