Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

A lenda da concha



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Crianças devem ser preparadas para perigos da publicidade
06-03-2012
Público
  Governo não é favorável a mudança de lei, diz secretário de Estado.

O secretário de Estado da Segurança Social, Marco António Costa, defende uma actuação pedagógica para incentivar a auto-defesa das crianças perante a publicidade e mostra-se contra a criação de novas leis.

"Estamos num âmbito em que a proibição [da publicidade dirigida a menores] não será o factor mais adequado para prevenir problemas. A melhor forma vai no sentido de proporcionar pedagogicamente os instrumentos de auto-defesa às crianças", afirma Marco António Costa, durante a audição pública Publicidade Infanto-Juvenil: permitir, restringir ou proibir? que decorre no Porto.

Para o secretário de Estado, mais do que criar novas leis de protecção das crianças, é preciso, sim, "preparar e capacitar crianças e jovens para os muitos perigos que não é por lei que se erradicam", uma vez que actualmente existe "uma evolução tecnológica que não é possível impedir ou fazer regredir".

Marco António Costa defende ainda que a "posição do Governo é estar ao lado do superior interesse da criança", com "abertura e atenção" e lembra a criação da Agenda da Criança. Porém, admite que "a legislação precisa de ser aperfeiçoada". O secretário de Estado salienta que, "mais que o problema legislativo", estão em causa os "problemas de natureza organizacional, funcional e operativos que impedem a plena concretização dos direitos das crianças".


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB