Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

No país de Iqbal (2ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Obesidade infantil está a diminuir no Algarve
20-05-2010
Observatório do Algarve
  Estudos indicam que a obesidade infantil está a diminuir no Algarve, onde está em curso o único Programa Regional de Combate à Obesidade Infantil do país. O Observatório do Algarve foi espreitar uma acção de formação dirigida a técnicos de saúde.

A coordenadora do Programa Regional de Combate à Obesidade Infantil revela ao Observatório do Algarve que estudos recentes da SPEO - Sociedade Portuguesa para o Estudo da Obesidade e do estudo europeu COSI - Childhood Obesity Surveillance Initiative "indicam que o Algarve está no bom caminho".

Sem referir os dados exactos, "uma vez que os valores ainda não foram divulgados oficialmente", Teresa Sancho adianta que "a prevalência da obesidade a nível do Algarve está muito contida e num dos estudos até está a diminuir".

O sucesso dos números, acredita Teresa Sancho, está relacionado com o Programa que coordena, cujo formato é único no país. "Existe a nível nacional um programa de combate à obesidade, mas o do Algarve, neste moldes, é único no país", explica.

Formação de técnicos é fundamental

O Programa Regional de Combate à Obesidade Infantil aposta, sobretudo, na prevenção e daí a acção fundamental de técnicos de saúde, de educadores e professores em todo o processo.

O papel dos técnicos passa por "intervir na prevenção e também no que toca a eventual identificação de casos de excesso de peso".

No que respeita aos profissionais de saúde, Teresa Sancho esclarece que "é importante capacitar os técnicos para que todos falem a mesma linguagem, em sintonia" e daí a realização de acções de formação contínuas.

Loulé recebeu uma das acções de formação dirigida a profissionais de saúde, a que o Observatório do Algarve assistiu (ver vídeo).

O encontro, que contou com a participação de enfermeiros, médicos e da psicóloga da Unidade de Saúde de Loulé, incluiu uma breve apresentação do Programa e a distribuição de materiais que irão "facilitar o trabalho dos profissionais", explica Teresa Sancho.

Teresa Sancho sublinha ainda que, em Portugal, 50 por cento da população adulta tem excesso de gordura corporal.

Aleitamento materno ajuda a prevenir obesidade

A formação, orientada pela coordenadora do Programa, teve também a intervenção de Cristina Gouveia, pediatra, que focou a importância do aleitamento materno no combate à obesidade infantil, com repercussões na vida adulta.

"Em relação à obesidade infantil, o contributo do aleitamento materno é fundamental e há evidências científicas que mostram que quanto mais for prolongado o aleitamento materno, maior é o impacto que tem na prevenção da obesidade infantil e posteriormente na obesidade do adulto", referiu Cristina Gouveia.

"Comparando as crianças que tomam leite materno e as que tomam leite artificial, no final do primeiro ano, as que tomam leite materno têm um peso mais adequado à altura do que as que tomam leite artificial, que têm habitualmente mais peso", sublinhou.

Programa algarvio reconhecido nacional e internacionalmente

O Programa Regional de Combate à Obesidade Infantil, desenvolvido pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, é já uma referência a nível nacional e internacional.

O Programa foi distinguido com o primeiro lugar na categoria Prevenção da Obesidade dos Prémios Hospital do Futuro 2008/2009 e, em Março de 2010, conseguiu o primeiro lugar no concurso de posters realizado no âmbito do 3.º Fórum Nacional de Saúde, promovido pelo Alto Comissariado da Saúde.

A nível internacional, a ARS Algarve integra a rede ENRICH – European Network of Regions Improving Citizens Health, onde o Programa Regional de Combate à Obesidade Infantil é considerado um exemplo de boas práticas.

Para saber mais sobre este programa espreite o site da ARS Algarve


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB