Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

A princesa Laca [1]



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Regresso às aulas: dicas para poupar e reciclar
20-08-2009
IOL Diário
  Procure na família e na escola se não há material que possam emprestar.

O regresso às aulas é um momento de alguma ansiedade para os pais, mas muito aguardado pelas crianças. As montras enchem-se de cor e o imaginário das crianças vive cada momento como se fosse o único. Ensine as crianças a terem cuidado com o dinheiro e compre apenas o indispensável.

O conselho é da GE Money: "quando a criança é educada desde cedo a gerir dinheiro, contas e cartões irá gerir as suas finanças de uma forma muito mais eficaz em adulto".

O primeiro passo, antes de efectuar as compras, é fazer um levantamento do material necessário e do orçamento que tem disponível. Aproveite essa fase para rever o que tem em casa que pode ser reutilizado.

Alguns dos materiais que tem em casa podem certamente ser reciclados, dando-lhes um aspecto novo e personalizado. Envolva o seu filho na tarefa de criar uma nova imagem através de colagem, desenho ou pintura, certamente que vai ter orgulho em mostrar o novo estojo ou dossiê aos colegas da turma.

Ainda antes de chegar à fase das compras propriamente ditas, procure junto do seu círculo de amigos, familiares e na própria escola se têm livros e outro material que possam disponibilizar.

Quando for comprar, não se precipite. "Não compre na primeira montra, procure e compare preços", aconselha a GE Money.

Importante também é saber contrariar as crianças e não dizer sim a tudo. "Não compre tudo o que as crianças querem, mas estimule-as a efectuar consigo uma lista do que realmente precisam. Encoraje as suas crianças a pouparem, criando um mealheiro e estipulando objectivos para essas poupanças, ajudá-los-á a entenderem o dinheiro".

Não ceda às pressões dos mais novos. Faça-os entender que não têm que ter material de marca ou os últimos modelos. Mas também não seja demasiado inflexível. Pode ceder nalguns pontos, até porque é importante que as crianças se sintam confortáveis no meio que os rodeia.


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB