Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

O figo mais doce



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Crianças vestiram fardas e fizeram operação "Stop"
19-11-2008
JN
  Uma "minibrigada" de agentes da PSP, devidamente fardada, saiu ontem à rua, numa campanha de sensibilização de condutores para o transporte em segurança de crianças e algumas regras básicas de trãnsito.

   "Bom dia, senhor condutor!". O cumprimento saiu em coro e acompanhado de continência. Divididos em três grupos, duas dezenas de alunos do 5.º A da EB 2,3 Cego do Maio, na Póvoa de Varzim, foram, ontem, por umas horas, os polícias de "palmo e meio" numa acção de prevenção rodoviária.

   Porque "de pequenino é que se torce o pepino" e a brincar também se aprende, os mais pequenos deram voz a alguns conselhos: "Cuidado com as pessoas na estrada. Transporte sempre as crianças nas cadeirinhas, até aos 12 anos ou metro e meio de altura, e não se esqueça de usar sempre o cinto de segurança!", atira o pequeno Alexis Marques. Com 10 anos, "chefia" um dos grupos da iniciativa, organizada pelo Governo Civil do Porto, em colaboração com o Comando Metropolitano do Porto da PSP.

   Fardado a rigor, acompanhado por um dos agentes do programa "Escola Segura", está ciente das suas "responsabilidades": "Alertar os condutores para as regras básicas de trânsito".

   "Achei muita piada. É uma maneira engraçada de começar o dia", afirmou o condutor Carlos Moura, de 53 anos.

   "Para eles, não há nada como ver na realidade para perceber melhor as regras", rematou ainda o condutor que seguiu, depois de um sonoro "boa viagem". Um após outro, sempre sorrindo, os condutores foram parando e os agentes de "palmo e meio" cumprindo a sua missão, entre conselhos úteis, fiscalização e até testes de alcoolemia. "A melhor forma de chegar aos adultos é através das crianças. Esta estratégia deve ser reforçada", frisou o vereador da Educação da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim, Luís Diamantino, que defende a criação de uma disciplina, logo no Primeiro Ciclo, que ensine comportamentos cívicos na estrada.

   "Os adultos estão mais abertos à comunicação vinda das crianças e acham piada serem abordados por crianças fardadas. Para além de que eles são os peões de hoje e os condutores de amanhã", frisou a subcomissária Telma Fernandes que, ainda antes da acção de rua, deu, aos mais pequenos, uma pequena aula interactiva sobre segurança e prevenção rodoviária na óptica do peão, do ciclista e do condutor.

   A iniciativa enquadra-se no "Dia da Memória" que no domingo, explicou, lembrou todos os que morreram nas estradas.

   Gondomar, amanhã, e Santo Tirso, na segunda-feira, são os próximos pontos de paragem das "minibrigadas".


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB