Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

Os mil pássaros de Sadako (2ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Notícias

 



Obesidade infantil: DGS quer código boas práticas nas ementas
06-12-2007
Diário Digital / Lusa
  O responsável pela Plataforma contra a Obesidade defende que as empresas que organizam festas para crianças devem adoptar um código de boas práticas que evite a promoção de alimentos ricos em sabor e pobres em qualidade.

   João Breda manifestou-se preocupado com a existência cada vez maior de empresas que organizam festas para crianças que incluem lanches altamente calóricos e garante que a Direcção-Geral da Saúde (DGS), organismo a que pertence, está atenta ao fenómeno.

   Para o responsável pela Plataforma contra a Obesidade, que entre os vários objectivos visa reduzir a obesidade nas crianças e nos jovens nos próximos quatro anos, as festas infantis são um óptimo pretexto para a promoção de alimentos saudáveis.

   "Da mesma forma que as crianças se divertem a comer alimentos pouco saudáveis, também irão estar satisfeitas se praticarem uma alimentação saudável, usufruindo da cultura de grupo que é muito motivante e não deve ser desperdiçada com maus hábitos", explicou.

   Segundo João Breda, as crianças aprendem "por contágio" a comer alimentos mais saudáveis.

   Este responsável da DGS considera que não há justificação para as ementas não serem compostas por alimentos saudáveis e critica as empresas se estiverem a fazê-lo para obter mais lucros.

   Para evitar estes "abusos", defende a adopção de um código de boas práticas e alerta os pais para estarem atentos à composição das ementas nas festas com que pretendem alegrar os filhos.

   João Breda alerta para a existência de um terço de crianças portuguesas com peso a mais e questiona: "Nessas festas também há crianças com peso a mais. Que preocupações têm as empresas com estes jovens?".

   Mais de metade da população portuguesa tem excesso de peso e uma em cada três crianças tem sobrepeso. Dez por cento são obesas.


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Notícias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB