Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

E as flores regressaram... (2ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Ler uma história...

 



Alcançar a Lua

[Ler / Descarregar versão pdf]
  — Olha-me só para aquilo! — exclamou a Toupeira, quando emergiu da terra uma noite. — O que será?

   Bem lá no céu, a Lua brilhava como uma moeda de prata. A Toupeira achou que era a coisa mais bonita que alguma vez vira. "Seja lá o que for, hei-de ter aquela coisa", pensou para consigo. "E já sei como! Dou um salto e puxo-a para baixo."

   A Toupeira estava tão ocupada a saltar que nem deu pelo barulho que fazia, e acabou por acordar o Coelho, que dormia na toca.

   — Toupeira! O que estás a fazer?

   — Olá, Coelho! Estou a tentar puxar aquela coisa brilhante para baixo.

   — Referes-te à Lua? — perguntou o Coelho.

   — Então é esse o nome dela… — murmurou a Toupeira.

   — Não vais conseguir trazê-la para baixo, porque não está tão perto como parece — disse o Coelho.

   Mas a Toupeira não era bichinho para desistir.

   — Eu sei. Mas hei-de arranjar um pau e puxo-a para cá.

   Pegou num pau bem comprido e começou a dar pequenos empurrões à Lua.

   Estava tão ocupada a empurrar a Lua que tropeçou num Ouriço-Cacheiro, que dormitava na sua caminha de folhas.

   — O que estás a fazer, Toupeira? — resmungou o Ouriço.

   — Olá, Ouriço! — saudou a Toupeira. — Estou a tentar trazer a Lua para a terra.

   — Não vais conseguir trazê-la para baixo, porque não está tão perto como parece — disse o Ouriço.

   Mas a Toupeira não desistia. "Isso sei eu", pensou. "Mas vou atirar-lhe uma coisa que a vai deitar ao chão."

   E foi buscar algumas bolotas para atirar à Lua.

   — Ai! — queixou-se o Esquilo. — Estás doida, Toupeira?

   — Olá, Esquilo! — cumprimentou a Toupeira. — Estou a tentar deitar a Lua ao chão.

   — Não vais conseguir deitá-la abaixo, porque não está tão perto como parece — disse o Esquilo.

   Mas a Toupeira queria tanto a Lua que não desistia. "Já sei! Vou trepar a uma árvore e trago-a para baixo", pensou.

   A Toupeira nunca tinha trepado a uma árvore. Era uma tarefa muito difícil e o animalzinho teve medo quando se viu tão longe do chão. Mas continuou a subir até ver a Lua a repousar nas folhas, mesmo por cima da sua cabeça.

   A Toupeira esticou a patita. Mas, quando lhe pareceu que estava prestes a agarrar a Lua… escorregou! Deu um grande trambolhão e aterrou numa poça. "Que peninha! Quase que a agarrei! ", pensou.

   De repente, reparou que algo flutuava a seu lado na pocinha. Era uma coisa pálida e encorrilhada, mas a Toupeira reconheceu-a imediatamente.

   — É a Lua! Deve ter caído comigo.

   Estendeu a patinha para lhe pegar mas, mal lhe tocou, a Lua desfez-se em bocados e desapareceu. A Toupeira ficou sentada na poça… a chorar. O Coelho, o Ouriço e o Esquilo foram ter com ela.

   — Estás bem, Toupeira? — perguntou o Coelho.

   — Eu estou — respondeu ela, a soluçar — mas a Lua é que não está nada bem. Quando puxei por ela, parti-a. Era tão bonita! Agora nunca mais a vou ver…

   O Coelho disse:

   — Mas sossega que não a deitaste ao chão.

   — E nem sequer a partiste — sossegou-a o Ouriço.

   — E vais voltar a vê-la — assegurou o Esquilo. — Olha!

   Bem alto lá no céu, a Lua saiu por detrás de uma nuvem.

   — Lá está ela! — murmurou a Toupeira. — Bonita, como sempre!

   A Toupeira, o Coelho, o Ouriço e o Esquilo ficaram a olhar para a Lua, todos juntos.

   — Que bonita! — disse o Coelho.

   — Se é! — concordou o Ouriço.

   — Lindíssima! — exclamou o Esquilo.

   — Mas agora sei que NÃO está tão perto como parece! — riu a Toupeira.

Jonathan Emmett; Vanessa Cabban
Bringing Down the Moon
London, Walker Books, 2001
(Tradução e adaptação)
[Ler / Descarregar versão pdf]


<<  voltar  |  topo  |  Todas as Histórias





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB