Saúde Puericultura Pré-mamã e Mamã Educação Desenvolv. Infantil Desporto Festas Infantis Material Didáctico Actividades Lúdicas Vestuário Casa e Decor Transportes Produtos Biológicos Yoga Massagem Infantil Seguros e Finanças Viagens e Lazer Animais Ofertas Formativas Artigos 2ª Mão

Publicidade




Ler uma História

E as flores regressaram... (1ª parte)



ler história


Receitas da Semana

Cake Pops



ver receita


Venda de Livros

 


 
FacebookTwitterGoogle+LinkedInNewsletter
Artigos

 


Ver todos os artigos  |  Categorias


Etapas de sucesso na alimentação do bebé
Maio, 2013
Dra. Solange Burri - Consultora em Alimentação
Projecto babySol® - Segurança Alimentar e Nutrição Infantil


[ver mais artigos deste autor]
  Constato com prazer que muitas mamãs ficam favoravelmente surpreendidas com as sugestivas, e saborosas, receitas que os Menús BabySol® apresentam.
  Por isso, deixo hoje este artigo que considero pertinente para assegurar o sucesso da diversificação alimentar infantil:

  1 - A mamã, ou pessoa a cargo das refeições do bebé, deve ser bastante dinâmica e variar sempre as formas de apresentação dos alimentos até conquistar o Bebé. Sugiro que, por exemplo, se o Bebé não gosta de peixe assado, experimente alguns dias depois dar-lhe purezinho de peixe camuflado com legumes, ou um souflée de peixe;

  2 - Importante também compreender que, o facto de o Bebé rejeitar hoje um alimento não quer dizer que a mamã o deva eliminar da dieta. Pelo contrário! O Bebé está, dia a dia, a evoluir o seu paladar, pelo que a apetência ao alimento rejeitado deve sempre ser estimulada, trabalhando como já disse, no ponto 1, também a forma como é apresentada;

  3 - Muito importante também, é ter em conta que o Bebé tem dificuldades habituais em deglutir. Por isso, a mamã deve ajudar, e acrescentar mesmo algum molho, na hora de triturar ou migar. Razão pela qual, as receitas sugeridas nos menus são, no geral, muito cremosas e à base de refogados leves, realizados com azeite ou creme bechamel;

  4 - Outro aspecto, imensamente importante, é não só o efeito saudável que o azeite tem no intestino no Bebé pelo que, em quantidade reduzida, deve fazer parte da rotina diária do bebé. Outro aspecto essencial é conhecer que grande parte das vitaminas que os legumes aportam, são fixados na gordura dos alimentos e portanto só acrescentando gordura na comida do Bebé, ao passar com a varinha mágica, é que estaremos a olhar pela saúde deles.

  5 - Por último, gostaria de chamar também a atenção para a necessidade de oferecer sempre fruta crua à refeição, o que permite a absorção do ferro, tão importante para fortalecer o sistema imunitário. Portanto, dentro das variedades que o pediatra autorizou, estimule sempre o seu consumo, preferencialmente crua, e trabalhe com combinações para convencer o filhote.

  Dúvidas? Contestações? Disparem nos comentários! Lembrem-se: acima de tudo, também sou mãe...de um exigente Gourmet!

Projecto babySol® - Segurança Alimentar e Nutrição Infantil
www.solangeburri.blogspot.com

[ver mais artigos deste autor]


<<  voltar  |  topo  |  Todos os Artigos





Termos e Condições de Utilização
Copyright - Portal da Criança - 2007-2014
Desenvolvido por:
 CCEB